Por que a comunicação é importante para o seu negócio?

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Pense no recente caso da Sales Force e tenha certeza de que seu negócio pode levar um baque se a estrutura de comunicação não estiver organizada e for eficiente.

Quando comecei a cursar a Comunicação, em 1999, o Jornal Nacional e os jornalões eram o epicentro das principais notícias do Brasil e do mundo. Os portais de internet cresciam, mas estavam à margem da audiência. Para acessá-los, você precisava ligar o computador – um desktop, com aquele monitor “gordo”. Laptops eram caros. E celulares eram, bem, apenas telefones – no sentido mais antigo do termo.

A comunicação nas empresas resumia-se ao “feijão com arroz”: externamente, envio de releases (por fax) às redações, agendamento de almoços com jornalistas, publicação de anúncios e realização de um evento aqui outro ali. Internamente, as empresas comunicavam-se com seus funcionários por murais e jornaizinhos, e-mails, e, as mais evoluídas, tinham lá sua intranet e TV Corporativa. Vídeos? Sim, havia. Sobretudo nas grandes empresas, que tinham dinheiro para a produção. O uso deles era corporativo, como a cobertura de eventos da “firma” e o vídeo institucional.

Mas tudo isso ruiu (ou melhor, evoluiu) em poucos anos.

O avanço da banda larga, da internet e da telefonia móvel e o surgimento das mídias sociais e dos smartphones alargaram as fronteiras de comunicação para indivíduos, corporações e governos. Se é que ainda podemos falar em fronteiras… Cada um de nós é hoje consumidor e produtor de conteúdo – texto, áudio e vídeo. A comunicação se tornou difusa, irrefreável e extremamente veloz.

Se antes a comunicação era um domínio controlado para as empresas, hoje isso não existe mais, como demonstra, aliás, o recente episódio das demissões na Salesforce (leia aqui). É um caso clássico desta nova ordem sociocultural, em que o público e o privado cada vez mais se fundem sob a transparência devastadora dos fluxos de comunicação.

Há também muitas oportunidades. Toda empresa, pequena, média ou grande, tem nas mãos um arsenal de canais de comunicação para falar diretamente com seus públicos. Você pode vender seu produto pelo Instagram, abrir uma loja virtual no Etsy ou na Amazon e relatar as atividades da sua marca pelo Facebook, em um artigo no LinkedIn ou em vídeos curtos nos stories. As possibilidades são infinitas.

Por tudo isso, a comunicação nunca foi tão importante para as organizações como agora. Neste cenário dinâmico e rico, e também incontrolável, a reflexão estratégica sobre a comunicação é uma necessidade do negócio. Sai o “queremos comunicar”, entra o “precisamos comunicar”. E é o profissional de comunicação quem vai orientar a organização sobre o caminho mais eficiente a seguir – pensando na reputação da marca e na geração de negócios e buscando soluções customizadas que atendam às necessidades da empresa.

Vamos juntos?